Indústria 2.0: o que é?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

O termo é utilizado para caracterizar a utilização do que há de mais moderno para produzir bens de consumo: big data, internet das coisas, inteligência artificial e muito mais.

Neste artigo, trataremos de explorar a fundo o mundo da indústria 4.0 e seus impactos na vida de todos nós. Partindo do ponto de vista de que o avanço da tecnologia é inevitável e, por isso, não deveria ser encarado como uma coisa ruim.

Em vez disso, devemos buscar compreender o momento e, a partir daí, melhor aproveitar os impactos positivos e minimizar os negativos.

Esse conhecimento é importante principalmente para gestores e empreendedores.

Afinal, na maioria das vezes, eles são os responsáveis por implementar as novidades na prática. Seja na sua linha de produção, nos processos internos de sua empresa ou nos produtos e serviços que comercializa.

A partir de agora, você vai ver:

  • O que é a Indústria 4.0
  • A Quarta Revolução Industrial
  • Princípios da Indústria 4.0
  • Pilares da Indústria 4.0
  • Impactos Positivos da Indústria 4.0
  • Impactos Negativos da Indústria 4.0
  • O mercado de trabalho na era da Indústria 4.0
  • Principais desafios da Indústria 4.0
  • As mudanças nas empresas (transformação digital)
  • Quais cursos fazer para ficar atualizado?

Boa leitura!

O que é a Indústria 4.0?

Indústria 4.0 é um conceito que engloba automação e tecnologia da informação, além das principais inovações tecnológicas desses campos.

Tudo isso aplicado à manufatura – entendendo o termo como sendo a transformação de matérias-primas em produtos de valor agregado.

Pois manufatura, junção das palavras “mão” e “acabamento” em latim, designava um trabalho artesanal, feito à mão.

O que acontece é que a indústria é incompatível com a ideia de fazer as coisas de forma manual.

Você pode estar pensando “ok, mas qual a novidade disso?”.

De fato, já faz muito tempo que as mãos dos operários têm sido substituídas pelas máquinas.

Mesmo assim, continuamos avançando na automação, que é a capacidade dessas máquinas trabalharem sem nenhum operador humano no comando.

robótica, com sistemas previamente programados para que os equipamentos desempenhem determinadas funções sozinhos, também não é muito recente.

O que a indústria 4.0 traz é o salto tecnológico de elevar essa automação à máxima potência, permitindo aos robôs desempenharem funções cada vez mais complexas.

E não estamos falando apenas do operacional, como soldar duas placas de aço, mas também de tarefas que pensávamos serem exclusivas de nosso intelecto.

São algoritmos que fazem as máquinas analisarem dados em uma velocidade que um humano não conseguiria em uma vida inteira.

No final, podemos dizer que a indústria 4.0 é a realidade na qual a tecnologia industrial está cada vez mais eficiente: mais inteligente, mais rápida e mais precisa.

E independente.

Procurando Automação Industrial para sua empresa? Entre agora em contato conosco:


Deixe seu Comentário.


Comentário